As doenças raras e seus tratamentos.

A indústria farmacêutica está motivada para novos interesses e entre eles a pesquisa de medicamentos para doenças raras (conhecidos como medicamentos órfãos) é uma das melhores oportunidades.

Na Europa há apenas 63 medicamentos disponíveis para tratar doenças raras, mas na Europa estão atualmente em pesquisa tratamentos para 350 doenças diferentes. A informação foi dada numa entrevista pela médica e presidente do Comité para os Medicamentos Órfãos da Agência Europeia dos Medicamentos (EMA). Estes remédios destinam-se ao tratamento de doenças que hoje afectam cerca de 600 a 800 mil portugueses.

A situação é bem diferente nos Estados Unidos: o país já aprovou 350 medicamentos, sete vezes mais do que na Europa.

Os dados são de uma interessante notícia, disponível aqui.

Anúncios